quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A magia dos filmes cantados

Olá! Hoje vou compartilhar com vocês um pouquinho da minha paixão por musicais, deixando dicas para esse fim de férias. Eu tenho consciência de que muitas pessoas não gostam do gênero, mas outras tantas simplesmente têm preconceito (grande parte gerado pelas propagandas de High School Musical na Sessão da Tarde..). Para mim, é simplesmente fantástico: a união entre música, cinema e dança, caracterizando em um só lugar o que podemos chamar de arte. E, com isso, vamos ao post: escolhi meus musicais preferidos para compartilhar com vocês.


1) Moulin Rouge (2001)

Vou começar pelo clássico. É impossível não colocá-lo aqui, o filme responsável pelo ressurgimento dos musicais após anos de esquecimento. Foi o primeiro do gênero a ser indicado ao Oscar de melhor filme em 23 anos, após a indicação de The Show Must Go On, em 1979. É incrível como a poesia está presente nas falas dos personagens, assim como nas músicas. A história se centra no amor entre o jovem Christian (Ewan McGregor) e a mais famosa cortesã do Moulin Rouge, Satine (Nicole Kidman).


2) Nine (2009)
 

Também com a *diva* Nicole Kidman. Conta a história de Guido Contini (Daniel Day-Lewis), famoso diretor de cinema com problemas pessoais e diversas relações espalhadas com muitas mulheres - esposa, amante, musa idolatrada, jornalista, prostituta, figurinista.

3) Chicago (2002)


O filme gira em torno de duas assassinas, Velma (Catherine Zeta-Jones) e Roxie (Renée Zellweger). Elas se conhecem na petenciária, após Velma matar seu amante. Direcionada por seu advogado, começa a buscar status de celebridade, para assim conquistar o público e consequentemente se livrar da cadeia - estratégia antes utilizada por Velma, que aos poucos via sua fama e suas chances de liberdade se esvaindo.

4) Hairspray (2007)


Esse é o mais pegada-de-férias de todos, bem divertidinho mesmo. E por trás de todo o enredo do filme, uma crítica e apelo social em luta pela igualdade - em qualquer esfera envolvida. O enredo é a história de Tracy (Nikki Blonsky), uma adolescente gordinha que é apaixonada por um programa musical de tv patrocinado por um spray de cabelo (daí o nome do filme). Com isso, luta para fazer parte dele e incluir pessoas negras no mesmo: a segregação existente nos anos 60 é duramente criticada no filme, porém de forma sutil. E conta no elenco com John Travolta interpretando a mãe de Tracy! Em uma entrevista com o ator, ele afirmou que o maior motivo de orgulho é que, inicialmente, todos o reconheciam como John e apontavam para a tela. Depois de um tempo, esqueciam que era um homem interpretando um papel feminino e simplesmente interagiam com o filme.

Cinema cultural no fim de férias:

Vou alertar vocês para minha maior expectativa cinematográfica nessa primeira parte de 2013: Os Miseráveis. A produção (pelo menos visual, já que não posso ainda falar da adaptação do livro) é simplesmente encantadora, e conta com atores que por si só já atraem o público: Anne Hathaway, Hugh Jackman e Russell Crowe. A adaptação musical se baseia no famoso livro de Victor Hugo, já também adaptado como musical da Broadway. Segue abaixo o trailler para quem quiser dar uma conferida. A estréia está programada para 01 de fevereiro.



4 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adoro o gênero! Não conhecia o Hairspray, vou procurar.

    Bem, entendendo que você focou nos mais recentes e deixou os clássicos de fora, acho que completaria sua lista com "dancer in the dark".

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa opa, esse nunca assisti, vou procurá-lo! Queria ter posto The Rocky Horror Picture Show na lista também, porém ia ficar fora do contexto. Caso não tenha assistido, assista, haha. Beijão!

      Excluir
    2. Já vi! Mas é antigo e nem um pouco "mágico". ha ha

      "Dancer in the dark" é do Von Trier. Se você for emotiva, prepara o coração. 'Até hoje' as maçãs do meu rosto doem...

      Excluir